Close

O UniCerrado

A Instituição

O UNICERRADO é um Centro Universitário público/municipal, mantido pela Fundação de Ensino Superior de Goiatuba (FESG), que foi criada pela Lei Municipal N. 788/85, de 07 de agosto de 1985, com personalidade jurídica de direito público com prazo indeterminado, regida por Estatuto próprio, inscrita no CNPJ sob o número 01.494.665/0001, com seu Estatuto Social inscrito no Registro de Pessoas Jurídicas do Cartório do 2º ofício sob o n.º 28 de ordem do registro, domicílio e foro na cidade de Goiatuba – GO.
A FESG possui prédio próprio e está localizada na Rodovia GO-320, Km 01, Jardim Santa Paula, em Goiatuba, Goiás, possuindo uma área de 25.000 m2, com 10.000 m2 de área construído e cerca de 250 servidores, dentre técnicos-administrativos e professores.

Visão

A Visão do Centro Universitário de Goiatuba – UNICERRADO é formar cidadãos e profissionais empreendedores, qualificados e comprometidos com o desenvolvimento sustentável local, regional e do País, sendo o pilar do progresso de seus municípios a partir de seu caráter educacional, social, ambiental, cultural, econômico e financeiro.

 

Missão

A Missão do Centro Universitário de Goiatuba – UNICERRADO é nortear suas ações na integração e excelência em ensino, pesquisa e extensão, oferecendo condições para a formação de sujeitos críticos, criativos, preparados para o mercado e prontos para exercerem a plena cidadania.

 

Objetivos

Para alcançar sua missão, o UNICERRADO tem os seguintes objetivos educacionais:

  • difundir suas ações educacionais em buscado desenvolvimento sustentável, social e econômico da região e do País;
  • promover constantemente o diálogo com a comunidade por meio de atividades acadêmicas de ensino, pesquisa e extensão e cultura que atinjam as demandas sociais;
  • participar de fóruns de discussão e definição de políticas públicas no âmbito da inclusão social, sustentabilidade, cultura e ciência e tecnologia;
  • estabelecer parcerias com órgãos governamentais, empresas e organizações da sociedade civil, para o desenvolvimento de programas de interesse mútuo e de impacto social e ambiental;
  • implementar uma maior integração do UNICERRADO com as demais instituições de ensino superior privadas e/ou públicas municipais, estaduais e federais;
  • assegurar alocação de recursos da FESG, de instituições governamentais e não governamentais, que visem à implementação de projetos acadêmicos que contemplem atividades de ensino, pesquisa, extensão e cultura;
  • otimizar os recursos infraestruturas, materiais e financeiros, implementando estratégias para utilização plena das instalações físicas do UNICERRADO principalmente no período diurno;
  • fortalecer a atuação dos órgãos colegiados superiores do UNICERRADO na definição das macropolíticas institucionais;
  • promover a melhoria da qualidade no exercício de suas funções acadêmicas e desenvolvimento de uma gestão mais democrática e participativa, mediante revisão e atualização dos instrumentos normativos da mantenedora e mantida;
  • intensificar o diálogo com o Poder Público Municipal, como método capaz de garantir a indissociabilidade entre a gestão acadêmico-pedagógica (UNICERRADO) e a gestão administrativo-financeira (FESG);
  • desenvolver políticas que possam contribuir para uma maior integração entre docentes e discentes dos cursos da IES;
  • proporcionar apoio ao corpo estudantil, baseando-se no princípio da equidade e justiça, incluindo ações nos âmbitos acadêmico, social e cultural;
  • promover a integração do ensino, da extensão e da cultura por meio de programas que envolvam, de forma indissociável, a produção e a socialização do conhecimento na formação dos alunos;
  • desenvolver a melhoria contínua da qualidade do ensino no UNICERRADO em todas as Faculdades;
  • estimular o empreendedorismo e o desenvolvimento de ações inovadoras;
  • ampliar e diversificar as atividades de ensino e pesquisa no UNICERRADO, em níveis de graduação, de pós-graduação Lato-Sensu e a médio e longo prazo Stricto-Sensu;
  • promover e apoiar as atividades de extensão em nível de graduação e pós-graduação;
  • implantar, a médio e longo prazo, cursos à distância em nível de graduação e/ou pós-graduação;
  • ampliar o acesso e a permanência no ensino superior de grupos sociais tradicionalmente excluídos;
  • fortalecer a pesquisa pelo incentivo ao desenvolvimento de programas inovadores, o intercâmbio com instituições regionais, nacionais e internacionais, bem como a divulgação do conhecimento produzido;
  • implementar uma política de democratização da informação, por meio do fortalecimento de um sistema qualificado de bibliotecas e de acesso ampliado a redes e bancos de dados existentes e potencialmente disponíveis;
  • fomentar a realização de atividades de ensino, culturais, esportivas e de lazer;
  • atualizar constantemente o acervo da biblioteca;
  • ampliar as Políticas de Desenvolvimento Profissional.

 

História

Com sede no município de Goiatuba, o UNICERRADO está inserido na vida social, política, econômica e cultural da Região Sul do Estado de Goiás. O município está localizado na mesorregião do Sul Goiano e constitui-se em um dos dezoito municípios da microrregião da Bacia do Meia Ponte. Por manter intercâmbio com vários municípios e possuir uma posição geográfica estratégica, o município caracteriza-se como polo de grande importância econômica e política no sul do Estado de Goiás.

O UNICERRADO, ao longo dos seus 28 anos de existência, conquistou progressivamente o reconhecimento social como importante instituição de ensino superior da Região Sul de Goiás, ao contribuir para a expansão da oferta de cursos de graduação que procuram atender as necessidades de demanda profissional nas áreas de Ciências Agrárias, Ciências da Saúde, Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas, Engenharias e Linguística. Nesse sentido, a Instituição cumpre importante papel social e vem contribuindo para a difusão e socialização do conhecimento científico e cultural.

No ano de 1989, o UNICERRADO, enquanto FAFICH, iniciou seu funcionamento oferecendo dois cursos de graduação: o de Pedagogia, com habilitação em supervisão escolar de 1º e 2º graus e magistério das disciplinas de 2º grau, e o curso de Administração. Estes cursos foram reconhecidos pelo Conselho Nacional de Educação, respectivamente, em 21 de outubro de 1993, através da Portaria Ministerial nº 1.523, e em 4 de julho de 1997, por meio da Portaria Ministerial nº 786.

Em 2001, teve início o curso de Ciências Contábeis. A Faculdade, a partir de 2002, passou por um processo de expansão e reestruturação, tanto no aspecto físico-estrutural como no aspecto acadêmico-didático-pedagógico. Além de investimentos em infraestrutura, no ano de 2002, a FAFICH reestruturou o curso de Pedagogia, passando a oferecer a habilitação em docência das séries iniciais do ensino fundamental e gestão escolar, conforme Resolução CEE n°248/2002. O curso de Administração também foi reestruturado visando oferecer opções diferenciadas segundo as necessidades da região e passou a oferecer cursos com habilitação em Gestão de Agronegócios, Gestão Ambiental e Gestão Empresarial.

Em 2003, passou a funcionar o curso de Educação Física e Letras. Em 2004, os cursos do Programa Especial de Formação Inicial e Continuada de Professores em Arte e Educação, Ciências Biológicas, Educação Física, Geografia, História, Letras e Matemática.

Dando continuidade em sua política de expansão, no ano de 2005, foi implantado o curso de Direito e, a partir do ano 2007, o curso de Engenharia Agronômica. Em 2009, o curso de Enfermagem inicia suas atividades na IES e, posteriormente, foram implantados os cursos de Fisioterapia, Curso Superior de Tecnologia em Gestão Ambiental e Curso Superior de Tecnologia em Gestão Pública, nos anos de 2010, 2012 e 2013, respectivamente.

Em 2014 foi criado o curso de Engenharia Civil, atendendo uma grande procura regional, ampliando ainda mais suas atividades e sua relevância para o favorecimento do desenvolvimento da região e outras localidades abrangidas pela IES.

Em dezembro de 2016, a Instituição lançou o primeiro Vestibular do curso de Odontologia, com a abertura de 80 vagas, consolidando ainda mais o seu compromisso com o desenvolvimento profissional na região.

Em maio de 2018, como uma grande vitória, o UNICERRADO lança o primeiro Vestibular para o curso de Medicina, com a oferta de 60 vagas.

A instituição conta, atualmente, com, aproximadamente, 2.800 alunos regularmente matriculados nos seus diversos cursos de graduação, oriundos de 24 municípios do Estado de Goiás.

Por ser uma Fundação Municipal de Ensino Superior, o UNICERRADO mantém um valor subsidiado nas mensalidades, possibilitando o acesso de alunos de baixo poder aquisitivo, além de oferecer bolsas de estudos da própria Instituição e da Organização das Voluntárias do Estado de Goiás (OVG), contando também com a opção de financiamento pelo FIES.

  • Marca UNICERRADO (PDF) (aguardando histórico)
  • Estatuto (aguardando revisão jurídica do Regimento Geral)
  • Regimento (aguardando revisão jurídica do Regimento Geral)
  • Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI e Plano de Expansão (anexo PDF)

Documentos (PDF)

Marca UNICERRADO

Estatuto

Regimento

Plano de Desenvolvimento Institucional – PDI e Plano de Expansão