Close

Graduação em Medicina

Ato Autorizativo: Portaria /2018, de de de 2018

Ato de Reconhecimento: Resolução CCE/CES N. 07/2018, de 08 de fevereiro de 2018.

Objetivo do Curso: Formar médicos com sólida formação geral, capazes de reconhecer e buscar soluções para os principais problemas de saúde da população, com visão crítica, reflexiva, ética, humanística e compromisso social. (Art.3º, Resolução n. 3, de 20 de junho de 2014).

Vagas de Vestibular: 60 semestral
Turno: Integral
Carga Horária Total:
Número de Períodos: 12 períodos
Quantidade de Professores: 9
Número Total de Alunos: 90

Dr. Tiago Ferolla Nunes

Resumo de Curriculo: Doutor em Clínica Médica pelo Programa de Pós-graduação em Clínica Médica da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto-USP (2014) Fez residência médica em Geriatria e Clínica Médica pelo Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Atualmente exerce a carreira de médico no Hospital de Clinicas da Universidade Federal de Uberlândia e no Hospital Santa Genoveva – HSG – Clinica Médica – Geriatria.

Curriculo Lattes: http://buscatextual.cnpq.br/buscatextual/visualizacv.do?id=K4599606E3

Ato de nomeação na FAFICH: Portaria nº 11/18 – Reitoria de 01 de agosto de 2018.

A Medicina é a área do conhecimento dedicada à restauração à manutenção da saúde e tem como intuito a cura e a prevenção de doenças humana. O curso de Medicina capacita o aluno a promover o bem-estar mental, físico, social e psicológico do ser humano. O profissional formado em Medicina possui um amplo campo de atuação. São 53 especialidades médicas reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina (CFM).

O curso de Graduação em Medicina do UNICERRADO, no processo ensino-aprendizagem, faz uso das metodologias ativas com objetivo de alcançar a aprendizagem significativa. Considerando as discussões/reflexões em curso no país por intermédio dos órgãos vinculados à formação médica, a mudança de estrutura dessa formação profissional torna-se imperativa. Um novo modelo passa pela superação do ensino calcado em disciplinas dicotomizadas e oferecidas por especialistas.

Conforme preconizam as DCNs (2004) para a formação médica, o egresso caracteriza-se pela aquisição das competências necessárias às boas práticas profissionais.

O currículo do curso de Medicina do UNICERRADO contempla a interdisciplinaridade e integração dos saberes, a diversificação dos ambientes de aprendizagem, a integração entre ensino, pesquisa e extensão, a utilização de metodologias ativas, a aprendizagem pela prática, avaliações formativas e somativas e uma sólida formação geral, tornando o egresso apto a resolver a maioria dos problemas de saúde da comunidade.

Formar médicos com sólida formação, capazes de reconhecer e buscar soluções para os principais problemas de saúde da população, com visão crítica, reflexiva, ética, humanística e compromisso social. (Art.3º, Resolução n. 3, de 20 de junho de 2014). Os objetivos específicos do curso assim são:

  1. Aplicar os conhecimentos da área básica, clínica, cirúrgica e da saúde coletiva, instrumentalizando-se para a busca de soluções dos problemas individuais e coletivos.
  2. Desenvolver a visão integral do contínuo saúde-doença
  3. Conhecer os problemas mais comuns e seus determinantes que geram doenças.
  4. Conhecer os determinantes socioeconômicos, culturais e políticos, bem como, os aspectos comportamentais relevantes, para a promoção, prevenção e recuperação da saúde.
  5. Adotar padrões adequados na relação médico-paciente, médico-família e multidisciplinar, sob padrões éticos, técnicos e humanísticos adequados e legitimados.
  6. Articular ações que favoreçam o trabalho em equipe com os demais profissionais de saúde e áreas afins, reafirmando o compromisso social com a melhoria contínua do atendimento e do desempenho dos serviços de saúde, sob a perspectiva da universalidade e equidade.
  7. Utilizar o sistema de referência e contra-referência, quando necessário, ao diagnóstico, tratamento e recuperação das pessoas sob seus cuidados.
  8. Prestar cuidados médicos de emergência e providenciar os cuidados necessários.
  9. Qualificar-se continua e permanentemente como forma de atualização profissional.
  10. Conhecer e contribuir para a efetivação das políticas públicas de saúde e estratégias de intervenção, considerando a viabilidade dos princípios de universalidade, equidade e resolubilidade.
DOCENTE TITULAÇÃO ÁREA DE FORMAÇÃO REGIME
Adélia Cristina Fernandes Silva Doutora Ciências Biológicas Integral
Cláudio Edgar Mariano da Silva Especialista Medicina Parcial
Fernando Santiago Pires Mestre Ciências Biológicas Integral
Flávio Domingos da Silva Especialista Medicina Parcial
Henrique César Braga de Almeida Especialista Ciências Biológicas Integral
Laércio Melo Martins Mestre Direito Integral
Ranyere Deyler Trindade Mestre Física Integral
Tiago Ferolla Nunes Doutor Medicina Integral
Vanessa Cotian Oliveira Mestre Enfermagem Integral

Aguardando publicação…

Aguardando publicação…